Concurso PC RJ 2021: FGV confirmada como banca no sistema de compras

0
200
Concurso PC RJ 2021

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro vai abrir um novo edital de concurso público (Edital Concurso Polícia Civil PC RJ 2021) visando o preenchimento de vagas em diversas carreiras.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) será oficializada como a banca organizadora do certame da corporação. O contrato com a instituição já consta no Sistema de Compras Públicas do Governo do Estado.

De acordo com dados do site oficial, a contratação da FGV já está ativa desde o dia 16 de agosto. Entretanto, ainda não houve publicação do extrato de contrato no Diário Oficial do Estado.

A banca ficará sob responsabilidade dos concursos para os cargos de auxiliar de necropsia, técnico de necropsia, investigador, inspetor, perito legista e perito criminal.

É importante destacar que somente após a publicação do extrato de contrato no Diário Oficial, a escolha da FGV será legitimada.

Para delegado, o Cebraspe continuará como banca responsável. O extrato da contratação foi divulgado no Diário Oficial do Estado de 10 de agosto.

O Governador do Estado, Cláudio Castro, confirmou a abertura de um novo certame para 400 vagas. Por meio de suas redes sociais, no fim de maio, ele disse que “chegou o momento” de realizar o processo seletivo.

Segundo Cláudio, Segurança é prioridade em seu governo. “Sei que, independente da pandemia, muitas pessoas permaneceram estudando e se capacitando para prestar concurso para o setor. Chegou o momento”. A expectativa é que o edital seja divulgado até julho, logo após a contratação da banca.

O novo edital poderá contar com 400 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade (fundamental, médio e superior). O quantitativo foi determinado por meio do Decreto nº 47.585, publicado no dia 26 de abril, no Diário Oficial do Estado. O documento publicado libera um total de 2.107 vagas em vários órgãos do Estado. Desse total, são separadas 400 vagas para Polícia Civil.

De acordo com o Decreto nº 47.585 de 2021, a corporação poderá preencher vagas nos cargos de Auxiliar de necropsia (nível fundamental) – 10 vagas; Técnico de necropsia (nível médio) – 10 vagas; Investigador (nível médio) – 200 vagas; Inspetor (nível superior) – 100 vagas; Perito criminal (nível superior) – 5 vagas; Perito legista (nível superior) – 25 vagas; e Delegado (nível superior) – 50 vagas.

Todos esses cargos são exatamente dos cargos que foram autorizados pelo Governador em exercício, Cláudio Castro, para o próximo edital de concurso PC-RJ.

Via redes sociais, o secretário de Estado de Polícia Civil, delegado Allan Turnowski, agradeceu a liberação das vagas. “Sem tempo a perder. Obrigado Governador”, disse.

De acordo com o Governador em exercício, Cláudio Castro, os editais da corporação foram aprovados na Procuradoria Geral do Estado (PGE-RJ). As provas estão previstas para serem aplicadas no 2º semestre deste ano.

Concurso autorizado

De acordo com o aval de autorização, serão preenchidas vagas para auxiliar de necropsia (nível fundamental), técnico de necropsia (nível médio), investigador (nível médio até então), inspetor (nível superior), perito legista (nível superior), perito criminal (nível superior) e delegado (nível superior em Direito). Os salários chegam a até R$18 mil.

Secretário também confirmou concurso
O secretário da corporação, Allan Turnowski, já havia confirmado no fim de outubro que o governador em exercício do Estado, Claudio Castro, autorizou o novo edital com novas vagas em 2021.

“O governador Claudio Castro já me autorizou, com as novas vagas surgidas após a decretação do Regime de Recuperação Fiscal (RRF), a efetuar novos concursos já a partir do ano que vem”, disse Turnowski em transmissão ao vivo feita pelo jornal O Dia em parceria com a Fecomércio.

De acordo com o secretário da PC-RJ, os documentos do concurso já estão no Governo. “Os processos estão voltando autorizados e a gente vai ter concurso da Polícia Civil em 2021,” disse ele.

Na visão do secretário, a solução não está apenas nos concursos. Os investimentos em tecnologia também devem ser prioritários.

“O investimento em tecnologia na Polícia Civil, que ficou parado na última década, é primordial para que a gente aumente a elucidação de crimes. Isso aumenta a produtividade”, afirmou.

De acordo com o secretário, para que Polícia Civil do Rio esteja no caminho certo é preciso do “concurso sim, mas junto com tecnologia”.

As oportunidades serão divulgadas para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com iniciais de até R$ 18.157,73.

Segundo o subsecretário de Gestão Administrativa, delegado Flávio Britto, será permitido concorrer a mais de um cargo, desde que atenda aos requisitos de cada um. Isso será permitido porque as avaliações serão aplicadas em dias diferentes.

“Nós termos uma grande notícia para você, candidato, vai poder fazer todos os concursos, desde que seja habilitado. Vamos garantir que não haverá coincidência de datas das provas de primeira fase. Estude bastante que a Polícia Civil te espera”, esclareceu Britto.

O Concurso Polícia Civil PC RJ

O cargo de Auxiliar de Necropsia da Polícia Civil/RJ requer nível fundamental e conta com salário de R$ 4.743,12. Já para Técnico de Necropsia, é exigido nível médio. A remuneração é de R$ 5.277,59. O cargo de Investigador também exigirá nível médio.

Para concorrer ao cargo de Inspetor de Polícia Civil será necessário nível superior em qualquer área. Os profissionais aprovados no cargo fazem jus ao salário de R$ 6.280,31. O cargo de Investigador também exige a mesma escolaridade. Para o posto, o salário é de R$ 5.740,38.

A função de Médico Legista tem exigência de graduação nas áreas de Medicina, Odontologia, Farmácia e Bioquímica. O salário é de R$ 9.376,46, além de benefícios.

Para concorrer ao cargo de Delegado, o candidato deverá ter nível superior em Direito, devendo apresentá-lo na data da posse, o diploma devidamente registrado e emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. A remuneração é de R$ 18.747,95.

Os salários citados já incluem o auxílio-alimentação de R$ 264,00.

De acordo com o projeto básico do concurso, o concurso vai contar com prova de conhecimentos, prova de capacidade física, exame psicotécnico e exame médico. Somente os concorrentes a delegado também passarão por prova oral.

Os exames objetivos, por sua vez, serão compostos por questões distribuídas entre Conhecimentos Básicos e Específicos.

O exame de capacidade física do concurso vai contar com flexão de cúbitos (braços), flexão abdominal (remador), corrida de resistência e corrida de velocidade, aplicados de forma diferente para os sexos feminino e masculino.

Os aprovados em todas as etapas serão chamados para o curso de formação na Academia de Polícia (Acadepol).