Concurso PM ES: Governador confirma edital no início de 2022

0
123
Concurso PM ES

A Polícia Militar do Espírito Santo vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso PM ES 2021). De acordo com o Governador do Estado, Renato Casagrande, o documento de abertura do certame será publicado no início de 2022. A informação foi dada em entrevista ao portal A Tribuna, na quarta-feira (08).

De acordo com o chefe do Executivo Estadual, no momento, a comissão organizadora trabalha na escolha da banca, que ficará responsável pelo edital.

“No início do ano que vem, a gente lança o edital da Polícia Militar […] O que estamos fazendo agora no concurso da PM é selecionar a empresa que vai ser a gestora e que vai organizar. São 1.111 vagas”, disse o governador.

A oferta de vagas do próximo certame quase que dobrou. O edital vai contar com 1.111 vagas.

O anúncio da ampliação do quantitativo de vagas do edital foi feito pelo próprio governador em solenidade no dia 26 de novembro. Ele também publicou em suas redes sociais.

Sobre os cargos do Concurso PM ES

Soldado Combatente

Requisitos: a) ser brasileiro (a); b) ter altura mínima, descalço e descoberto, de 1,65m (um metro e sessenta e cinco centímetros) para homens e de 1,60m (um metro e sessenta centímetros) para mulheres; ser aprovado no Exame Psicossomático, conforme o Anexo III e item 14 do presente edital; i) ser aprovado nos Exames de Saúde, que comprovem a capacidade física para exercício do cargo, conforme o Anexo IV do presente edital; j) ser aprovado em exame toxicológico/antidoping, do tipo “janela de larga detecção” ou outro de aferição superior, realizado em caráter confidencial e comprovado pela Diretoria de Saúde da PMES e realizado a qualquer tempo deste Concurso Público; k) ser aprovado em investigação social, apresentando idoneidade moral, comportamento irrepreensível e ilibada conduta pública e privada, comprovada documentalmente por certidão de antecedentes criminais, certidões negativas emitidas pela Justiça Federal, Estadual, Eleitoral e Militar, além de outros levantamentos necessários procedidos pela instituição, a fim de atestar a compatibilidade de conduta para o desempenho do cargo; l) não apresentar tatuagem definitiva situada em membros inferiores, superiores, pescoço, face e cabeça, que não possa ser coberta por uniforme de educação física da corporação, composto por calção ou short, camiseta de manga curta e meia de cano curto, ou outras tatuagens que acarretem a identificação do policial, possibilitando o seu reconhecimento e ameaça à sua segurança; m) possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir automóvel, no mínimo na categoria “B”; n) ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos de idade na data de matrícula no Curso de Formação e, no máximo, 28 (vinte e oito) anos de idade no primeiro dia de inscrição no concurso; o) ser aprovado com aproveitamento no Curso de Formação de Soldado Combatente (CFSd) QPMP-C – etapa do presente concurso; p) ter nível médio de escolaridade, devidamente comprovado por meio de diploma, certificado ou declaração, reconhecido legalmente por Secretaria da Educação de qualquer das Unidades Federativas do país, ou pelo Ministério da Educação e Cultura; q) conhecer o Hino Nacional Brasileiro (art. 40 da Lei Federal 5.700/1971).

Salário durante o curso de formação: R$ 1.220,30

Salário após formação: R$ 2.778,43

Atribuições: a) policiamento ostensivo geral, preventivo e repressivo, em área urbana e rural, nos processos de policiamento motorizado, a pé, ciclístico, aéreo, dentre outros executados pela Instituição; b) policiamento especializado, em seus diversos tipos, tais como policiamento de trânsito urbano e rodoviário, ambiental, montado, de guarda, de eventos, de choque e de missões especiais, dentre outros tipos de policiamento executados pela Instituição; c) condução de viaturas policiais; d) atendimento e condução de ocorrências policiais decorrentes das ações e operações de policiamento; e) elaboração de boletins de ocorrência; f) cumprimento de planos, normas e ordens emanadas pelo escalão superior da Instituição, pautando-se pela disciplina, hierarquia, equilíbrio emocional, honestidade, cooperação e comprometimento; g) suporte de comando dos escalões hierárquicos imediatamente superiores, dentro dos limites de sua competência; h) observância constante dos valores, da ética e dos deveres policiais militares; i) desempenho de outros tipos de policiamento e atividades inerentes à Instituição, observando os demais princípios, normas e encargos aplicáveis na condição de militar estadual, dentro dos limites de competência de sua respectiva graduação.

Oficial Combatente

Requisitos: a) ser brasileiro(a) nato(a); b) ter altura mínima, descalço e descoberto, de 1,65m (um metro e sessenta e cinco centímetros) para homens e de 1,60m (um metro e sessenta centímetros) para mulheres; c) estar em dia com as obrigações eleitorais e no pleno exercício dos direitos políticos, mediante apresentação de certidão expedida pela Justiça Eleitoral; d) estar em dia com suas obrigações militares se for do sexo masculino, devendo ser portador do certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, e não ter sido afastado do serviço militar, seja por reforma, demissão, licenciamento ou exclusão a bem da disciplina, seja por incapacidade física ou mental definitiva, em qualquer das Forças Armadas ou Auxiliares; e) ser aprovado no presente concurso público, dentro do limite de vagas, conforme o presente edital; f) estar em dia com toda a documentação exigida, para apresentação na data estipulada pelo presente edital; g) ser aprovado no exame de aptidão física, realizado por meio de Teste de Avaliação Física (TAF), conforme Anexo II e item 10.2 do presente edital; h) ser aprovado no Exame Psicossomático, conforme o Anexo III e item 10.3 do presente edital; i) ser aprovado nos exames de saúde que comprovem a capacidade física para exercício do cargo, conforme o Anexo IV do presente edital; j) ser aprovado em exame toxicológico/antidoping, do tipo “janela de larga detecção” ou outro de aferição superior, realizado em caráter confidencial, comprovado pela Diretoria de Saúde e realizado a qualquer tempo durante o presente concurso; k) ser aprovado em investigação social, apresentando idoneidade moral, comportamento irrepreensível e ilibada conduta pública e privada, comprovada documentalmente por certidão de antecedentes criminais, certidões negativas emitidas pela Justiça Federal, Estadual, Eleitoral e Militar, além de outros levantamentos necessários procedidos pela Instituição, a fim de atestar a compatibilidade de conduta para o desempenho do cargo; l) não apresentar tatuagem definitiva situada em membros inferiores, superiores, pescoço, face e cabeça, que não possa ser coberta por uniforme de educação física da corporação, composto por calção ou short, camiseta de manga curta e meia de cano curto, ou outras tatuagens que acarretem a identificação do policial, possibilitando o seu reconhecimento e ameaça a sua segurança; m) possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir automóvel, no mínimo na categoria “B”; n) ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos de idade na data de matrícula no Curso de Formação e, no máximo, 28 (vinte e oito) anos de idade no primeiro dia de inscrição no concurso; o) ser aprovado com aproveitamento no Curso de Bacharelado em Ciências Policiais e Segurança Pública – etapa do presente concurso; p) ter no mínimo nível médio de escolaridade, devidamente comprovado por meio de diploma, certificado ou declaração, reconhecido legalmente por Secretaria da Educação de qualquer das Unidades Federativas do país ou pelo Ministério da Educação e Cultura; q) conhecer o Hino Nacional Brasileiro (art. 40 da Lei Federal nº 5.700/1971).

Salário durante o curso de formação: 1º ano – R$ 2.584,16 / 2º ano – R$ 3.158,42 / 3º ano – R$ 3.445,55

Salário após formação: R$ 5.823,07

Etapas e Provas do Concurso PM ES

De acordo com o último edital de concurso, os cargos têm as seguintes etapas:

Soldado Combatente

O concurso PM/ES 2018 para Soldado compreenderá exames para aferir conhecimentos e habilidades, mediante aplicação de Provas Objetiva e de Redação, de caráter classificatório e eliminatório; Entrega de Documentação preliminar, aferição de idade e pontuação de CNH (Carteira Nacional de Habilitação), de caráter eliminatório e classificatório; Exame de Aptidão Física, de caráter eliminatório; Exame Psicossomático, de caráter eliminatório; Investigação Social; de caráter eliminatório; Exames de Saúde e Toxicológico, de caráter eliminatório; Entrega de documentação para classificação e inscrição no Curso de Formação, de caráter eliminatório; classificação final e matrícula no Curso de Formação, de caráter eliminatório e classificatório; realização do Curso de Formação, de caráter eliminatório e classificatório; Encerramento do Curso de Formação e Resultado Final.

Oficial Combatente

O concurso PM/ES 2018 para Oficial Combatente compreenderá exames para aferir conhecimentos e habilidades, mediante aplicação de Provas Objetiva e de Redação, de caráter classificatório e eliminatório; Entrega de Documentação preliminar e aferição de idade, de caráter eliminatório; Exame de Aptidão Física, de caráter eliminatório; Exame Psicossomático, de caráter eliminatório; Investigação Social; de caráter eliminatório; Exames de Saúde e Toxicológico, de caráter eliminatório; Entrega de documentação para classificação e inscrição no Curso de Formação, de caráter eliminatório; classificação final e matrícula no Curso de Formação, de caráter eliminatório e classificatório; realização do Curso de Formação, de caráter eliminatório e classificatório; Encerramento do Curso de Formação e Resultado Final.

Soldado Combatente

A Prova Objetiva será composta de 80 (oitenta) questões, distribuídas por áreas de conhecimento. Cada questão da Prova Objetiva terá 5 (cinco) alternativas, sendo que cada questão terá apenas 1 (uma) alternativa correta, pontuadas conforme tabela abaixo. Será atribuída pontuação 0 (zero) às questões com mais de uma opção assinalada, questões sem opção assinalada, com rasuras ou preenchidas a lápis.

As Provas Objetiva e de Redação serão aplicadas nas cidades de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Linhares, Nova Venécia, São Mateus, Venda Nova do Imigrante, Vitória, Estado do Espírito Santo, conforme a escolha do candidato no momento da inscrição, ou do pedido de isenção, podendo ser aplicadas também em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município escolhido

A prova objetiva de Soldado Combatente contará com questões de Língua Portuguesa (20 questões), Raciocínio Lógico e Matemático (20 questões), Noções de Informática (10 questões) e Conhecimentos Específicos (30).

Oficial Combatente

A Prova Objetiva será composta de 80 (oitenta) questões, distribuídas por áreas de conhecimento. Cada questão da Prova Objetiva terá 5 (cinco) alternativas, sendo que cada questão terá apenas 1 (uma) alternativa correta, pontuadas conforme tabela abaixo. Será atribuída pontuação 0 (zero) às questões com mais de uma opção assinalada, questões sem opção assinalada, com rasuras ou preenchidas a lápis.

As Provas Objetiva e de Redação serão aplicadas nas seguintes cidades, sendo elas: Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Linhares, Nova Venécia, São Mateus, Venda Nova do Imigrante, Vitória, Estado do Espírito Santo, conforme a escolha do candidato no momento da inscrição, ou do pedido de isenção, podendo ser aplicadas também em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município escolhido.

A prova objetiva de Oficial Combatente contará com questões de Língua Portuguesa (15 questões), Raciocínio Lógico e Matemático (15 questões), Noções de Informática (10 questões) e Conhecimentos Específicos (40).

Informações do concurso

Concurso: Polícia Militar do Espírito Santo
Banca organizadora: a definir
Escolaridade: a definir
Número de vagas: 1.111
Remuneração: a definir
Inscrições: a definir
Taxa de Inscrição: a definir
Provas: a definir
Situação: EDITAL PREVISTO