Concurso TJ PI 2022: IDECAN definida como banca! Edital nos próximos dias!

0
36
Concurso TJ PI

Tribunal de Justiça do Estado do Piauí vai abrir um novo edital de concurso público para servidores em breve.

O Tribunal de Justiça do Estado do Piauí tem expectativa de abrir um novo edital de concurso (Concurso TJ PI 2022) em breve. A banca organizadora será o IDECAN. O contrato entre as partes já foi assinado e pode ser divulgado no Diário Oficial desta quinta (26/05).

Com a banca organizadora definida, o próximo passo agora será a definição do cronograma e últimos ajustes do edital. Em seguida, o edital deve ser liberado, mas ainda sem data confirmada.

Concurso TJ-PI prevê abrir 100 vagas
No início de fevereiro, o certame teve comissão organizadora alterada e mais um cargo foi confirmado para ser ofertado na seleção como especialidade do analista.

A portaria que altera a comissão organizadora do concurso foi assinada pelo presidente do tribunal, o desembargador José Ribamar Oliveira.

No grupo de trabalho definido, foi feita uma troca entre membros, sendo retirado o servidor Tiago Veras Beleza e incluída a servidora Sandra Ramos de Souza, como um membros suplente indicada pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça e Avaliadores do Estado.

O presidente do órgão, desembargador José Ribamar de Oliveira, falou sobre vagas e previsão de edital.

Estão previstas 100 vagas para o próximo edital do concurso TJ-PI, distribuídas entre cargos de analistas e técnicos.

No caso de analista, já são quatro especialidades confirmadas: assistente social, psicólogo, enfermeiro e contador.

Ainda não se sabe quantas vagas serão destinadas para cada carreira e área, mas a maior parte será para analista.

“Vamos fazer concurso para servidores, com cerca de 100 vagas. A maioria de analista. Já estamos com a comissão formada e já vamos, em breve, escolher a instituição que realizará o concurso”, disse José Ribamar.

Comissão geral do concurso TJ-PI 2022 formada
Foi divulgado no Diário Eletrônico do órgão, edição do dia 7 de janeiro, a informação de que a comissão organizadora geral do certame já está formada.

De acordo com o documento publicado, uma portaria, o grupo de trabalho definido terá missão de definir as regras do próximo edital, assim como o número de vagas e cargos que serão oferecidos. A presidência da comissão é de Rodrigo Tolentino (juiz de direito).

De acordo com informações da portaria que designa os membros da comissão, o concurso do TJ-PI será para preenchimento no quadro de pessoal de servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí.

Conforme informado no ano passado, o concurso do TJ-PI está entre as metas do presidente do TJ PI, o desembargador José Ribamar Oliveira, desde janeiro de 2021. Na época, durante sua posse, o magistrado falou sobre a contratação de novos servidores.

Segundo José Ribamar, o objetivo é reduzir a cultura de contratação de terceirizados para servidores efetivos.

“Estamos nos utilizando de terceirizados com mão de obra competente, mas o certo é que façamos concurso para que a pessoa venha prestar um serviço de qualidade. O terceirizado é uma mão de obra que aos poucos vamos deixando de lado para implementar a realização de concursos”, pontuou o novo presidente.

Segundo o novo presidente, a proposta é chegar no posto com a missão de dar continuidade a uma gestão que, segundo ele, foi muito bem avaliada.

“Caminhamos para a implementação do juízo completamente digital, pois os avanços nessa área possibilitará um judiciário mais célere e mais próximo dos anseios sociais, uma meta ousada, mas que queremos colocar em prática à frente do judiciário piauiense”, falou o novo presidente do TJ-PI.