Estudar para concurso: dá pra se preparar para mais de um?

0
23
Estudar para concurso

Com o aumento da competitividade e especificidade nos editais, será que dá para se dedicar para mais de uma seleção ao mesmo tempo quando o assunto é estudar para concurso? Descubra!

2022 está sendo um ano repleto de oportunidades no mundo dos concursos públicos! Levando em consideração dados de previsões orçamentárias em todo o Brasil, o número de vagas previsto fica em torno 95.617! Em meio a tantos editais publicados, é comum se perguntar: será que dá para se dedicar para mais de um ao mesmo tempo? Além de responder à pergunta principal, também apresentaremos as principais dicas para que você possa estudar para concurso de maneira otimizada, com foco em mais de uma seleção. Confira!

Estudar para concurso: quais são os desafios de se preparar para mais de uma seleção?
Você sabia que o primeiro concurso público do Brasil aconteceu em 1937 para o Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Industriários (IAPI)? Na época, as principais matérias cobradas foram matemática, português, legislação do trabalho e previdência social. A seleção foi composta de provas escritas e exame psicotécnico. O então novo modelo de seleção foi provado e aprovado, sendo capaz de atender às demandas de vagas para o IAPI.

A partir daí iniciou-se uma longa tradição de realização de concursos públicos que se estende até hoje. Mas o que antes eram processos mais simples, com poucas etapas e conteúdo programático mais geral, hoje se tornou uma trajetória bem mais complexa. Isso não era nada menos do que o esperado: afinal, com a chegada da internet, o acesso à educação se tornou bem mais rápido e democrático. Além disso, o interesse de ingresso no serviço público também foi aumentando com o passar dos anos.

Tudo isso trouxe a necessidade de refinar os processos de seleção para conseguir efetivamente desempatar tantos candidatos já capacitados em matérias que antes eram tidas como “básicas”. Foi assim que estudar para concurso passou a se tornar cada vez mais uma atividade específica.

Antigamente era possível “estudar para concursos” de maneira geral, abarcando as matérias que costumavam cair e garantir excelentes resultados em seleções muito diferentes. Afinal, os editais eram bem parecidos e existiam poucas Instituições organizadoras. Hoje, contudo, isso já não funciona tão bem.

Logo, o principal desafio para estudar para mais de um concurso é exatamente esse: conseguir abarcar as especificidades de conteúdo de cada edital de maneira simultânea para garantir uma boa pontuação nas duas provas.

Mas não precisa preocupar! Ainda é possível otimizar seus estudos para mais de uma seleção. Falaremos mais sobre isso nos próximos tópicos.

Estudar para concurso: quando é possível estudar para mais de uma seleção?

Ainda que não seja mais tão efetivo estudar para concurso de maneira genérica (englobando seleções muito diferentes no processo), isso ainda é possível por meio do estudo por carreiras.

As Carreiras são conjuntos de seleções inseridas na mesma área ou cargo em diferentes órgãos. Exatamente por conta das semelhanças de função, os editais costumam apresentar muitas similaridades. Nas Carreiras Policiais (Como nos cargos de Agente, Investigador e Escrivão) , por exemplo, é comum que sejam cobradas noções de Direito Penal e Legislação Extravagante, por exemplo.

Apesar do estudo por carreiras ainda não abranger todo o conteúdo necessário para que você conquiste a aprovação em uma seleção específica, ele é capaz de auxiliar na construção de uma excelente base que poderá ser aproveitada em diversas seleções. Com isso em mente, você só precisará fazer adequações no cronograma e incluir matérias específicas assim que decidir qual edital você utilizará para estudar para concurso.

Dá para estudar para concursos muito diferentes ao mesmo tempo?
Nada é impossível, é sempre importante se lembrar disso. No entanto, também é importante lembrar que o tempo de estudos é finito e que, numa rotina que precisa ser conciliada com outras atividades, você muito provavelmente não conseguirá se aprofundar o suficiente no conteúdo de nenhuma das seleções até o dia das provas.

Estudar para concurso geralmente retorna os melhores resultados quando é feito da maneira mais específica possível. Assim, você consegue dominar não apenas todo o conteúdo listado, como também o perfil da banca examinadora específica, os assuntos mais cobrados dentro de cada disciplina e outros detalhes que fazem toda a diferença na hora de obter uma boa classificação.

Estudar para concurso: dicas para estudar para mais de um ao mesmo tempo
Se você chegou até aqui decidido a se dedicar a mais de um concurso público ao mesmo tempo, temos algumas dicas para auxiliar nesse processo. Veja quais são!

Como estudar para concurso com foco em duas seleções: concentre-se nas matérias da Carreira antes da publicação do edital
O momento para construir uma base de conhecimentos gerais/específicos da carreira deve ser sempre preferencialmente realizada no período pré-edital. Afinal, nessa época você tem mais tempo também para redigir materiais de revisão que serão importantes durante seus estudos pós-edital. Depois da publicação do edital, a recomendação é se dedicar com mais empenho às matérias específicas que costumam contar com mais itens e maior peso.

Como estudar para concurso com foco em duas seleções: tenha um foco primário

Ainda que você decida estudar para concurso com foco igual para as duas seleções, é importante que você consiga classificar uma delas como a principal ou então compreenda que existirão momentos onde precisará se concentrar de maneira exclusiva. O que muitos concurseiros investidos na conciliação fazem é dar mais foco para a seleção que acontecerá primeiro e apenas depois concentrar os estudos na segunda seleção.

Funciona assim: no período pré-edital, os estudos entre as duas seleções são mais ou menos equilibrados. Assim que saem os editais e os cronogramas e conforme a data da prova se aproxima, os estudos para o concurso mais próximo vão se tornando cada vez mais constantes até se tornarem exclusivos nos últimos 2 meses antes da prova.

É claro que essa dica só é eficaz se você não tiver preferência entre as seleções. Se você tiver, dedique-se sempre ao seu objetivo primário e insira a atividade de estudo para o concurso menos desejado quando surgir a oportunidade.

Como estudar para concurso com foco em duas seleções: resolva muitas questões

Além de trazer mais dinamismo para suas rotinas de preparação, a resolução de questões de concurso também pode economizar muito tempo na hora de estudar para concurso . É possível, por exemplo, descobrir quais são os assuntos mais cobrados e focar-se mais neles. Além disso, também é uma maneira mais prática e rápida de assimilar novos conteúdos e compreender suas dificuldades em cada matéria.

Por meio do estudo reverso também é possível estudar algumas matérias em comum (ou que você já tenha uma boa noção), apenas resolvendo questões! Saiba mais sobre o Estudo Reverso!

Por fim, a resolução de questões também ajudará você a compreender os padrões de cobrança de cada banca examinadora, especialmente se você estiver estudando para certames organizados por Instituições diferentes.

Onde resolver questões de concurso?

Você já conhece o Gran Cursos Questões? A plataforma de questões, provas e simulados do Gran é capaz de complementar seus estudos com um rico acervo de itens já aplicados e inéditos, elaborados com o auxílio de um qualificado grupo de professores e especialistas. Além de contar com itens com gabarito comentado, a plataforma também oferece painéis de monitoramento de desempenho, filtros de assuntos mais cobrados e muito mais!

Como estudar para concurso com foco em duas seleções: utilize a ferramenta “Dá pra Conciliar?”

Com o lançamento da Assinatura Ilimitada 7.0, o Gran Cursos Online também trouxe um recurso muito requisitado pelos alunos: uma ferramenta que permite visualizar similaridades entre os conteúdos de diferentes editais, avaliando o nível de compatibilidade e aproveitamento de estudos entre eles.