Não Passei. E agora?

É certo que para todos os estudantes, o que realmente importa é a aprovação, e sua consequente jornada ao alcance dos objetivos, porém, a reprovação é tão comumente atingida quanto.

E o que fazer quando se é reprovado?

Em primeiro lugar, é compreensível a decepção, mas, não se deixe abalar acima do tempo necessário.

Se abalar por erros que cometemos ao longo do caminho, é normal, mas, precisamos ter uma postura diante disso, que não nos permita se submeter a reprovação, a ponto, de desistir até mesmo de continuar a caminhada rumo da aprovação.

Também, é, importante entender que em toda perda, há um ganho, por mais masoquista que isso venha parecer. Você aprendeu algo com essa reprovação, que certamente irá te ajudar em suas próximas tentativas.

E, é, importante que se diga, que a felicidade não nos ensina as lições que a tristeza ensina, então antes de sofrer, não se esqueça de aprender!

O momento pós-reprovação é um momento muito delicado e de conflitos internos, em que, estamos sensíveis, e, podemos tomar medidas drásticas, mas, não podemos nos esquecer que em momentos de grandes decepções, as grandes decisões nunca devem ser tomadas.

Me que isso isso signifique tudo o que for preciso, e, não se conforme diante da situação de reprovação.

Desistir não é o caminho, mas se conformar também não, entenda onde errou, para não cometer os mesmos erros novamente, e, lembre-se, que a sua postura diante da reprovação, será a que te levará rumo a sua aprovação!

Ademais, respeite seu tempo! Se soube da noticia de sua reprovação hoje, não queira reiniciar os estudos hoje!

Se permita sentir o seu luto, e descanse mente, corpo, e espirito para refletir, reavaliar os erros, enaltecer os acertos, se perdoar, e entender seu caminho, e reforçar seus objetivos. E daí, então, retorne a caminhada!

O importante é ter consciência de que estamos em uma trajetória em que há muitas fases que permitem amadurecimento, e as experiências obtidas através delas serão o que melhor vão conduzi-lo e aproximá-lo cada vez mais da aprovação, e fazer de você muito além de aprovado, um profissional de êxito.

Sendo assim, a caminhada do concurso público é longa, e, tem falhas, ainda que um aprovado nunca tenha sido reprovado antes, em algum momento, ele falhou. Não se culpe por falhar, mas, se culpe por desistir diante da falha!

Existem as pessoas que nunca obterão êxito diante dos concursos públicos, ou, qualquer outro empreendimento em suas vidas: São as que desistem!

Aprenda com suas experiências, e, principalmente com suas derrotas, analise, e, entenda o que se passou para que a sua aprovação ainda não tenha sido possível, e, ai então poderá alcançar seu propósito!