Qual a diferença entre interpretação e compreensão de texto

0
430

A interpretação é um conjunto de informações que devem ser consideradas dentro de um contexto para o entendimento único. Já a compreensão é entendida como a extração de informações descontextualizadas e que não cabe interpretação.

Assim, quando a compreensão do texto é solicitada, não se deve avaliar a intenção, mas sim o que foi constatado.

Quais são os maiores erros em interpretação?

Um dos principais erros está logo no começo da interpretação. Muitos candidatos acreditam que basta ler uma vez o texto e depois somente consultar os fragmentos cobrados na questão para entender tudo.

Pode até ser que isso aconteça, mas nem sempre é uma garantia. Por isso, existem algumas metodologias que você pode seguir para ter mais chances de compreender o que está no texto.

Outra estratégia é ler o texto pelo menos três vezes para estimular a sua capacidade interpretativa. Mas vai dar tempo? Sim! Por isso o foco no treinamento. O desempenho de um estudante é comparado a de um atleta:

Um atleta de alta performance só chega a essa condição porque treina e pratica. Dessa forma, se eu quero ler textos com a finalidade de interpretá-los, basta que eu pratique a leitura.

Outro detalhe é que a prova será toda leitura e interpretação, seja de Português ou outra disciplina. Então, quanto mais praticar, mais serão as chances de sucesso como um todo.

Como as principais bancas cobram interpretação?

Fundação Carlos Chagas (FCC)

A FCC é considerada como a banca mais desafiadora na questão de interpretação textual. As questões de analista, por exemplo, geralmente cobram os mínimos detalhes.

Além de exigirem muito os fatores de compreensão, interpretação e lógica do candidato. Não é ideal para quem está iniciando os estudos praticar com questões desta banca.

Cespe/ Cebraspe

O Cebraspe (antiga banca Cespe) apresenta um nível de cobrança mais acessível, mesmo com a condição de “uma questão errada anula certa”.

Em relação à prova, é preciso ter atenção, pois algumas questões de interpretação muitas vezes envolvem conteúdos de gramática ou de reescrita. Então, atenção com esses detalhes.

Não é uma das bancas mais tendenciosas. Basta ter cuidado e bastante calma, que é possível fazer uma boa prova. Mas não se esqueça de praticar antes!

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

A FGV é uma banca que exige atenção dobrada, porque cobra tudo aquilo que deve ser cobrado do conteúdo e sem pegadinhas. Porém, a FGV acaba não sendo tão complicada como a FCC no quesito interpretação de texto.

Instituto AOCP

É uma banca que não tem uma expressão no mercado de concursos. Aos poucos está conquistando o cenário, fazendo alguns concursos pelo país, principalmente os da área da Segurança, como da PC-RJ (exceto para delegado) e o da PC-ES.

Vale destacar que não se trata da AOCP e sim do Instituto AOCP que está em análise. Você sabia que são bancas diferentes?

A interpretação textual da banca costuma ser de até 30% da prova de Português. Trata-se de uma banca muito acessível em sua cobrança e muito competente.

Vale ter atenção a alguns termos trabalhados por ela em seu enunciado: escorreito, imprescindível, entre outros.